sábado, 4 de maio de 2019

Todas as organizações sociais da Frelimo mostram claramente que estão atrás de Nyusi. Temos que denunciar os indisciplinados disse Fernando Faustino

Loading...
As organizações sociais da Frelimo reiteram o seu apoio incondicional à candidatura do Presidente do partido no poder, Filipe Nyusi, para as próximas eleições presidenciais, a ter lugar no próximo dia 15 de Outubro em Moçambique segundo avanca Folha de maputo.

De acordo com o portal, a vontade foi expressa ontem pela Organização da Juventude Moçambicana (OJM), Organização da Mulher Moçambicana (OMM) e a Associação dos Combatentes de Luta de Libertação Nacional (ACLLN) durante a abertura da III Sessão Ordinária do Comité Central da Frelimo, um evento de três dias, em curso na cidade da Matola, capital da província meridional de Maputo.

O secretário-geral da OJM, Mety Gondola, Citado por Folha de Maputo, disse que a recém-terminada V Sessão Ordinária do Comité Central da OJM discutiu uma série de problemas que afligem os membros e que gostariam de ver possíveis soluções, tais como habitação, educação, emprego, consumo excessivo de álcool e outras drogas, bem como o desenvolvimento do país.

O secretário-geral da ACLLN, Fernando Faustino, citado por Folha de Maputo, aproveitou a oportunidade para exortar a necessidade de uma maior disciplina partidária, pois “a ela devemos simplesmente obediência absoluta porque ninguém está acima das normas estatutárias do nosso partido”.


“A unidade, disciplina, coesão e obediência interna constituem palavras de ordem do nosso quotidiano de forma a atingir o almejado objectivo. Por isso, vamos fazer guerra cerrada contra os conspiradores da ideologia política”, disse Faustino. 

“Camaradas do Comité Central; temos que ter a coragem de denunciar os infiltrados, os indisciplinados, os intriguistas, os tribalistas, os confucionistas, os fofoqueiros, os lambe-botas e outros com vista a prevalecer a linha política do nosso partido”, disse.

adsense aqui
Adsense aqui


EmoticonEmoticon