segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

O que o cigarro faz no corpo: destruição no cérebro, pulmão e outros órgãos impressiona

Câncer, úlceras, envelhecimento, infertilidadee mais: esses são apenas alguns dos inúmeros efeitos do cigarro no organismo. A droga é tão prejudicial que, de acordo com um estudo da Universidade Nacional da Austrália publicado na revista médica BMC Medicine, dois em cada três fumantes morrem por consequências do vício.Além dos mais conhecidos malefícios para a saúde, como cansaço e falta de ar, o fumo ainda afeta a maioriados órgãos do corpo. Entenda, a seguir, como acontece essa destruição silenciosa. Efeitos do cigarro no organismoNo cérebroUmestudo sobre cigarro da Universidade King’s College London constatou que os fumantes têm mais dificuldade em se concentrar, pensar e memorizar do que quem nãofuma. Ou seja, o tabagismo causa uma grave degeneração cognitiva no cérebro.
Infarto e AnginaFumar aumenta o risco de doenças do coração, como infarto agudo do miocárdio. O vício é responsável por mais de 40% das mortes de pessoas de até 65 anos por problemas cardíacos.Além disso, a nicotina propicia o entupimento das artérias, uma das principais causas de infarto e AVC.GangrenaO entupimento das artérias eveias ainda pode levar a diversas doenças perigosas, como a Tromboangeíte Obliterante, em que há o déficit de circulação por muito tempo em uma extremidade do corpo, causando necrose e, consequentemente, a necessidade de amputação.Aneurisma da aortaOutradoença que o cigarro causaé a dilatação da aorta, a maior artéria do organismo. Esse quadro se agrava ainda mais se houver rompimento da veia, que provoca hemorragia e pode levar à morte.ColesterolO cigarro causa alterações nos vasos sanguíneos que predispõem o acúmulo de gorduras e deixam os níveis de colesterol alterados. Nesses casos, a baixa taxa de colesterol bom e a alta quantia do ruim colaboram com o entupimento das artérias, o que tornam os tabagistas um dos principaistipos de pessoas que podemter infarto.Nos dentesOs químicos presentes na droga reagem com a composição dos dentes, deixando-os amarelados e sem brilho. Além disso, tabagistas têm mais chance de apresentar doenças na boca e mau hálito.
Úlceras
O gosto do cigarro aumenta a produção de ácido clorídrico, o que facilita infecções e úlceras gástricas- feridas muito doloridas que acometem o estômago, esôfago ou intestino delgado.Digestão mais lenta e refluxoOcigarro faz malpara o estômago pois atrapalha a digestão, o que ocorre devido a redução da contração do órgão, e ainda enfraquece a válvula que impede a volta do suco gástrico para o esôfago, causando o refluxo gastroesofágico, distúrbio que também vem acompanhado de azia e má digestão.
Câncer
De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as substâncias tóxicas do cigarro são altamente perigosas e podem facilitar orisco de câncer de garganta, boca, laringe e das demais partes do sistema digestivo superior.Além disso, o contato da fumaça quente irrita a mucosa e acelera a produção de suas células, aumentando ainda mais o risco de tumores.

adsense aqui
Adsense aqui


EmoticonEmoticon